Lilypie 1st Birthday Ticker
Segunda-feira, 5 de Abril de 2004

sono

Continua difícil a adaptação à mudança da hora. Eu sei que disto não entendo nada, mas está-me cá a parecer que esta mudança foi feita com um mês de antecedência. Nem mais dia, nem menos dia... exactamente um mês antes! Eu digo isto porque finalmente este ano eu compreendi porque razão eu sei sempre quando muda a hora no inverno e nunca sei quando muda a de verão. A de inverno muda sempre no último fim de semana de outubro e que vai corresponder ao samhain (passagem de ano celta, noite em que o véu entre os mundos está diminuído, em que é comum deixar ofertas aos nossos que passaram para o outro mundo, a noite em que as fadas raptam humanos para levar para o país das fadas, a noite das bruxas, etc, etc). Ora este "feriado" tem o seu complementar, chamemos-lhe assim, no Beltane (ritual do casamento com a terra, etc, etc) que ocorre na noite de 30 de abril para 1 de maio. Ora se mudamos para hora de inverno no final de outubro, não deveríamos mudar para hora de verão 6 meses depois no final de abril?
A verdade é que enquanto os dias não se tornarem maiores vou continuar com enormes dificuldades em me levantar de manhã. Já percebi que só consigo começar a acordar depois do sol nascer... se calhar a culpa é da casa. Não me lembro de ter tido esta dificuldade antes, e o meu quarto em casa dos meus pais estava virado a oeste, logo não via o sol nascer. Mas eu adoro o raio do sol logo de manhã! O que vale é que cientificamente eu até tenho razão... como humanos, e apesar de cada vez mais afastados dos ritmos da natureza, funcionamos com o ritmo da luz, acordamos quando ela chega e dormimos quando se vai embora.

«We humans, like all other animals, live in a world that is marked most basically and most invariably by cycles of day and night. This external fact of life has its counterpart in our bodies; somewhere in the dawn of time these fundamental rhythms were etched into our brains, so we would be organized in synchrony with our environment.
How the brain does this is through an elaborate system of signals kicked off by light. Light strikes our eyes, certain nerve cells in our eyes detect the wavelengths of natural light, they signal the brain, and the brain sends messages to virtually every system of the body to rev up or ramp down. By virtue of this control center, among others, the performance of bodily systems is coordinated, one with the other.
Like the world around us, our biological clocks are set to tick in cycles of approximately 24 hours. We are designed to sleep and wake in cycles of roughly 24 hours, otherwise known as our basic circadian rhythm.
»
Artigo completo
publicado por Claudia Borralho às 14:30
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 5 de Abril de 2004 às 15:03
O problema, parece-me, é que a "hora de inverno" é fictícia, é artificial, não existe, na natureza, necessidade alguma de se mudar a hora.

As horas deviam ser as mesmas o ano inteiro. Simplesmente o nascer e por do sol muda conforme a estação.macacoraivoso
(http://odio.blogs.sapo.pt)
(mailto:macacoraivoso@sapo.pt)

Comentar post

.mais sobre mim

. Fiz eu!

. Oriana

. Ideias de Prendas de Natal

.tags

. todas as tags

.pesquisar


.arquivos

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

badge