Lilypie 1st Birthday Ticker
Terça-feira, 11 de Maio de 2004

definitivamente... não tenho jeito para sopeira

Ontem a sopa de beterraba foi um autêntico desastre! Nunca tive jeito para sopas e ontem, ao contrário do meu habitual, resolvi fazer as coisas direitinho e seguir a receita. Se alguma vez houve uma ocasião para não fazer o que estava na receita, essa ocasião foi ontem!
Começou logo no supermercado, as beterrabas frescas que lá tinham já não tinham a rama e tinha sido cortada muito mais rente que os 3 cm aconselhados... pelo menos não tinham rachaduras e pareciam ter uma boa cor. Depois das pesar vi que também havia umas embalagens de beterraba já cozida e descascada que até era um pouco mais barato. Ainda hesitei, mas resolvi fazer a coisa certa e trouxe as frescas.
A receita dizia para meio kilo de beterraba, meio litro de água... pois mas o meio litro de água não chegava nem para cobrir metade das beterrabas!!! Novamente resisti à tentação de contornar a receita e colocar mais água.
A beterraba deveria cozer durante 60 minutos, deixei tudo tapadinho mas passado meia hora sou alertada por uns barulhos estranhos pouco depois de ter virado as beterrabas ao contrário (tipo... eu não abandonei aquilo, volta e meia ia mexer e virar as beterrabas). Os barulhos estranhos eram daquilo estar tudo a esturricar!!! A pouca água que a receita indicava já se tinha evaporado toda apesar da panela ter estado sempre tapada.
Troquei de panela, pus água suficiente, parti a beterraba gigante em duas metades e pus novamente a ferver.
Bom... depois foi a altura de passar aquilo com a varinha mágica. A receita dizia para incluir uma cebola pequena e passar juntamente com a beterraba. (O meu instinto dizia-me que devia ter cozido a cebola... mas lá está continuei a seguir a receita!) Achei-me muito inteligente e em vez de descascar a beterraba resolvi a passá-la tal e qual estava, casca, raizes, the works. Que desastre! Já nem sabia se os pedaços pretos que via a boiar eram das raizes ou restos de queimado... provavelmente os dois!
Não desanimei e prossegui com a receita, colocar novamente a ferver e juntar o sal, a manteiga, o leite e maizena. Esta parte até correu bem.
Bom, a sopita tinha um bom sabor (tirando o extra da cebola meio crua) o problema foi mesmo os pedaços negros que estavam a boiar, e os pedaços de raiz fibrosa que nem se conseguia mastigar que vinham a cada colherada!

Moral da história: às vezes é bom desconfiar da receita... e para a próxima de certeza que vou trazer aquela beterraba previamente cozida e descascada!!!
publicado por Claudia Borralho às 10:27
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 11 de Maio de 2004 às 23:31
ROMASI AO NATURAL:
Um pedaço de amor, uma gota de lágrima, um pedaço de sofrimento, uma traição, uma ponta de dor, um trago de amargura e muita ternura e sensibilidade se escreve POETAROMASI
BJS e felicidades para tiromasi
(http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt/)
(mailto:romasi@sapo.pt)
De Anónimo a 11 de Maio de 2004 às 12:50
For soops, ask Mr. soops for help!nome
(http://www.google.com)
(mailto:email@email.pt)

Comentar post

.mais sobre mim

. Fiz eu!

. Oriana

. Ideias de Prendas de Natal

.tags

. todas as tags

.pesquisar


.arquivos

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

badge